Suinocultura

A importância do controle e análise de dados na suinocultura

Por 16 de outubro de 2020outubro 30th, 2020Sem comentários

A cadeia produtiva da suinocultura envolve vários setores e atividades diversas que impactam nos custos, na produtividade e nas receitas – fatores que são a base para o cálculo de lucro e rentabilidade da produção. 

Nesse sentido, para que os produtores tenham um bom faturamento e as agroindústrias consigam manter preços competitivos e lucrativos, é necessário focar na máxima produtividade com o menor custo possível.

No entanto, por envolver questões variáveis como genética, ambiente, manejo e sanidade, a melhor estratégia para alcançar esse objetivo é fortalecer o setor de controle de dados na suinocultura. Através de informações em tempo real e indicadores de desempenho, os gestores e demais profissionais conseguirão elaborar planejamentos assertivos e ágeis para aplicar as melhores soluções.

Considerando a importância da gestão de dados na suinocultura, investir em tecnologias que garantam a confiabilidade e precisão das informações é fundamental para conseguir extrair o melhor de cada lote, minimizar prejuízos e maximizar os ganhos

O uso de softwares de gestão, por exemplo, viabiliza a integração entre os elos da cadeia produtiva e otimiza o tempo e o trabalho dos produtores, gestores e agroindústrias. 

Impactos de uma boa gestão do controle de dados na suinocultura

O avanço tecnológico no agronegócio tem colaborado para que o segmento ganhe destaque no mercado interno e nas exportações. O desenvolvimento de softwares, maquinários, dispositivos, sensores e melhoramento genético e nutricional seguem contribuindo para que o Brasil ocupe hoje a posição de 4º maior produtor mundial de suínos, sendo também o 4º maior exportador dessa carne.

As inovações do setor estão promovendo a transformação digital no campo, estimulando produtores a tecnificarem suas produções para atender a alta demanda e suprirem as agroindústrias. 

Ao mesmo tempo, esse crescimento faz com que os gestores e extensionistas também precisem buscar por soluções inovadoras que auxiliem a gestão e o controle de todos os lotes integrados ao sistema.

Por geralmente envolver uma grande quantidade de propriedades e de animais, o controle e análise de dados na suinocultura pode se tornar um desafio de grande impacto para os gestores. Nesse cenário, como solução, os softwares integrados tem facilitado o trabalho desses profissionais em conjunto com os produtores, melhorando a eficiência da gestão e viabilizando a redução de custos.

Atualmente é possível encontrar programas no mercado que reúnem todos os dados de um lote em um único lugar. E o melhor, os gestores podem ainda adicionar quantos lotes forem necessários, podendo consultar os dados facilmente em uma plataforma intuitiva e conectada aos produtores.

Desse modo, os gestores podem planejar de maneira mais estratégica as visitas técnicas, priorizando sempre os lotes que estiverem apresentando algum problema ou desvio. 

Logo, ao identificar falhas com prontidão, as soluções e reparos se tornam mais eficazes, minimizando ao máximo os prejuízos e permitindo ajustes que elevem a produtividade.

Por meio desse modelo de plataforma também é possível acompanhar a evolução dos suínos em relação à idade, peso e fase de desenvolvimento.

A importância das metas de produtividade

A maior vantagem estratégica de realizar o controle a análise de dados na suinocultura é poder estabelecer índices de desempenho para maximizar a produtividade e a rentabilidade de acordo com os fatores que podem ser controlados dentro de cada lote. 

Acompanhar o consumo de ração por lote, por exemplo, pode ajudar produtores e nutricionistas a identificarem problemas relacionados com a alimentação, caso esse índice não esteja de acordo com as estimativas. 

Além disso, conhecer esse número também é de grande vantagem na hora de contabilizar os gastos reais e conseguir visualizar de forma clara as despesas e receitas de cada granja, permitindo uma análise mais certeira sobre a rentabilidade do negócio.

Quando a ração é oferecida aos animais sem nenhum tipo de controle, os cálculos relacionados a margem de lucro da produção ficam passíveis de erros — o que pode representar um lucro incompatível com a realidade.

Para os gestores, conseguir coletar, receber e unificar todas as informações possíveis dos lotes de sua responsabilidade viabiliza um cuidado mais assertivo e eficiente. Ter dados sobre a saúde, alimentação e condição do ambiente das granjas em tempo real, por exemplo, permite que as soluções possam ser aplicadas de maneira mais rápida e precisa, reduzindo índices negativos como a mortalidade.

No entanto, para que a avaliação dos dados seja bem-sucedida, é fundamental que os gestores estabeleçam metas de produtividade.

Em resumo, as metas de produtividade servirão como parâmetro para que os produtores, gestores e demais profissionais possam realizar comparações entre os índices esperados e os índices em tempo real de acordo com a fase, idade ou peso dos animais.

Com um índice pré-definido, o gestor saberá se naquele momento o lote está ou não cumprindo com as expectativas. Caso a resposta seja negativa, ele poderá estudar melhor os dados para identificar desvios e corrigi-los.

Vale a pena ressaltar que ter uma gestão eficiente é essencial para o sucesso dessa estratégia de elaboração de metas de produtividade. Afinal, será com base nos dados coletados que essa análise poderá ser feita, ou seja, eles devem ser sempre atualizados, confiáveis e de fácil acesso.

Ao investir em um software integrado para cuidar do controle e análise de dados na suinocultura, a coleta correta dessas informações e o armazenamento seguro é garantido. Além disso, as informações são unificadas e podem ser acessadas em tempo real a qualquer momento, mesmo longe da propriedade.

Soluções Granter: ferramentas para otimizar e melhorar a eficiência da coleta e monitoramento de dados

Agora que você já entendeu a importância do controle e análise de dados na suinocultura, apresentaremos exemplos práticos de como a tecnologia pode beneficiar o setor e os profissionais envolvidos nessa cadeia de produção. 

As soluções da Granter para a suinocultura auxiliam produtores, profissionais envolvidos no manejo dos lotes e gestores a coletar e analisar com precisão o máximo de dados possível.

Com uma base rica de informações, as decisões e os direcionamentos para cada lote específico viabilizam a redução de custos e a maximização da produtividade.

Confira as ferramentas da Granter que podem auxiliar no monitoramento de dados para uma tomada de decisão mais assertiva:

Plataforma Meu Lote

A plataforma Meu Lote foi desenvolvida para melhorar a gestão da suinocultura através de dados que podem ser coletados pelo produtor rural ou por funcionários responsáveis por cada setor de manejo. 

O software apresenta funcionalidades como o monitoramento do consumo de ração, que permite com que o responsável pela coleta de dados confira as estimativas de consumo de acordo com o peso dos animais e registre o consumo real de ração de cada lote.

Com base nessas informações, os gestores conseguem identificar fatores como ganho de peso e consumo de ração, sabendo exatamente quanto o lote está gastando com a alimentação dos animais e se há algum desvio nessa característica. 

Além disso, os produtores também podem fazer solicitações de reabastecimento de ração para a fábrica pela própria plataforma. O que reforça o controle exato do consumo e evita falhas de manejo por falta de ração ou por pedidos em excesso.

Nesse mesmo princípio, a plataforma Meu Lote também oferece a funcionalidade de controle de medicamentos. Sendo assim, é possível conferir qual a dose recomendada de acordo com o peso dos animais e com o medicamento a ser administrado.

Conhecer essas informações ajuda a reduzir custos com remédios – que representam uma parte significativa dos custos de produção e pode gerar impactos negativos na rentabilidade e na saúde dos animais quando aplicados em excesso. 

Através da plataforma os produtores também podem registrar e notificar os gestores em relação a taxa de mortalidade dos animais e sanidade dos lotes. Dessa forma, quando os dados enviados forem incompatíveis com as estimativas, os gestores poderão organizar as visitas técnicas priorizando os lotes com divergências para aplicar soluções em tempo hábil de evitar maiores prejuízos.

RSUI

Além da plataforma de gestão Meu Lote, a Granter também oferece soluções voltadas para a rastreabilidade da carne suína

O RSUI tem grande referência no mercado e já rastreou mais de 15 milhões de suínos, gerando mais de 30 mil boletins sanitários.

Como destaque, o RSUI oferece um sistema de rastreabilidade desenvolvido com base nos protocolos mais rigorosos de segurança dos alimentos do mundo. Com essa plataforma é possível registrar dados do campo ao frigorífico, contemplando todo o processo produtivo, abate e processamento.

A rastreabilidade é fundamental para produtores e agroindústrias que desejam se beneficiar da alta demanda e da alta do dólar encontrados através da exportação de suínos. Logo, com dados completos e armazenados de maneira otimizada em nuvem, a plataforma permite com que as agroindústrias assegurem a qualidade, sanidade e confiabilidade dos produtos.

Além disso, os relatórios gerados dentro da plataforma ainda podem ser usados para a emissão de certificados sanitários, com todas as informações necessárias para validar produtores no mercado.

Deixe um comentário